SEXTA | 17 DE NOVEMBRO 2017 - 23H30

canto e cordaO conjunto musical brasileiro Quarteto Corda & Canto nasceu da união de artistas que sempre tiveram suas carreiras independentes mas que nunca deixaram de se encontrar. Nasceu também do marcante sucesso obtido ao longo de anos e em vinte países e dezenas de cidades brasileiras pelo Grupo Solo Brasil. A partir de dezembro 1999, este Grupo percorreu mais de 20 países, entre América do Sul, Europa e África. Comemorando os seus dez anos de sucesso, realizou uma digressão por 10 cidades de Portugal, em um total de 19 apresentações, gravando inclusive um DVD com a íntegra de seu espetáculo Uma Viagem através da Música do Brasil no Teatro da Trindade, em Lisboa. O Quarteto Corda & Canto compõe-se portanto de uma cantora e três instrumentistas pertencentes ao Grupo Solo Brasil. Já esteve em países como Marrocos, Espanha e sobretudo Portugal.

O encontro de estilos e experiências desses consagrados artistas resulta num espetáculo diversificado, onde todos trabalham em função da atuação de cada um e do todo, evidenciando a riqueza da música brasileira, misturando clássicos conhecidos da MPB com o repertório de cada um. E como fio condutor do espetáculo, o Embaixador Lauro Moreira vai tecendo ligeiros comentários referentes à genealogia e cronologia da música popular brasileira.

OS MÚSICOS

Maria Eugênia

A cantora Maria Eugênia comemora este ano os 25 anos de lançamento do seu primeiro CD. Desde então, já gravou 11 discos solo e 3 DVDs. Em 1998 apresentou-se pelo Brasil na EXPO LISBOA, onde conheceu o Embaixador Lauro Moreira, que a convidou para integrar o Grupo Solo Brasil em seu espetáculo "Uma Viagem Através da Música do Brasil". Em 2010, a artista teve a canção "Companheiro", gravada em um de seus CDs, como abertura da novela "Araguaia” da Rede Globo de Televisão.

Luiz Chaffin e Pedro Braga

O duo "Com a Corda Toda", formado pelos violonistas Luiz Chaffin e Pedro Braga acaba de lançar seu quinto CD. Amigos desde o começo da carreira de músicos no Rio de Janeiro, no início dos anos 80, e com formação de violão clássico a guitarra rock´nroll, desenvolveram carreiras independentes como instrumentistas, arranjadores e produtores, mas nunca deixaram de atuar juntos. Lançaram-se como duo, com o primeiro CD, em 2004, onde gravaram peças autorais e arranjos surpreendentes de músicas já conhecidas. Luiz Chaffin é o diretor musical do Grupo Solo Brasil.

Edilson Morais

Percussionista de alto nível, com carreira de mais de 20 anos, já lançou dois DVDs de sucesso, mostrando seus valiosos trabalhos de pesquisa. Participa do trio "Mercosur Eletropercusión", com o uruguaio Daniel Márquez e o argentino Carlo Seminara.


Lauro Moreira

Para além de suas inúmeras atividades profissionais de diplomata de carreira, o Embaixador Lauro Moreira foi sempre um militante da causa cultural e artística, Em todos os postos diplomáticos por onde passou - Buenos Aires, Genebra, Washington, Barcelona, Rabat e Lisboa - devotou-se com afinco à promoção das artes e da cultura brasileiras.

Na área da literatura, lançou vários CDs e DVDs em que interpreta poetas de todos os países de Língua Portuguesa. Em 2013, participa como ator no longa-metragem de Alberto Araújo Vazio Coração, ao lado de Lima Duarte, Murilo Rosa e Beth Mendes, entre outros. Na área musical, criou em 1999 o Grupo Solo Brasil, e, posteriormente, o Quarteto Corda & Canto, para apresentar o que há de mais representativo na música brasileira do século XX. O grupo já esteve em 20 países, inclusive em Portugal - onde se apresentou em Lisboa e nove outras cidades - e em dezenas de cidades brasileiras, alcançando sempre um marcante sucesso.

Em 2009 foi agraciado pelo Movimento Internacional Lusófono com o título de Personalidade Lusófona do Ano. Em 2011 recebeu especial homenagem da Câmara Municipal de Odivelas, onde se inaugurou uma placa permanente, em local público, distinguindo-o com o título de Príncipe da Lusofonia. Em 2016 recebeu o Prêmio José Aparecido de Oliveira, o mais alto galardão concedido pela CPLP. Ainda em 2016 foi eleito Presidente do Observatório da Língua Portuguesa –OLP. É Membro efetivo de três Academias de Letras e Artes no Brasil.

Entre inúmeros trofeus e condecorações nacionais e internacionais, o Embaixador Lauro Moreira foi distinguido com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha e da Ordem do Infante Dom Henrique, de Portugal

Joomla! Hosting from