banner exposicoes

INAUGURAÇÃO | 4 DE MAIO 2017 - 20H00

Sala Kandinsky

boukolikos

Boukolikos é uma exposição da responsabilidade dos alunos finalistas do curso de Produção Artística – especialização em Cerâmica da Escola Artística António Arroio, tendo a mesma sido desenvolvida no âmbito da disciplina de Gestão das Artes.
O material aqui exposto – painéis cerâmicos de alto-relevo – foi desenvolvido em contexto oficinal, na disciplina de Projeto e Tecnologias, a partir da exploração das
técnicas da lastra em alto-relevo, do engobe e do vidrado, e através do uso de uma mistura de terracota e grés.
Os painéis tiveram como ponto de partida visual as Aldeias de Xisto e como base conceptual alguns poemas do Guardador de Rebanhos, de Alberto Caeiro. Deste
modo – e dado que este heterónimo de Fernando Pessoa, muito ligado à natureza, desprezava e repreendia qualquer tipo de pensamento filosófico, afirmando que
"pensar é estar doente dos olhos" – procurou-se exaltar nos painéis aqui apresentados a beleza das Aldeias de Xisto de forma sensorial e anti-metafísica, nomeadamente através das texturas, cores e ambientes utilizados.
Acreditamos que estas 27 aldeias – que se espalham pelas Serras da Lousã e do Açor, até perto da Serra da Estrela – são exemplos de territórios escondidos na
Natureza propícios à exploração da poética de Alberto Caeiro. Por esta razão, fez-se coincidir o nome da exposição com o termo boukolikos: origem etimológica da palavra bucólico, que se refere à natureza simples e pastoril, de carácter puro, ingénuo e rural.

A exposição Boukolikos surge, assim, enquanto o resultado de uma reflexão sobre a relação entre a beleza do mundo rural e a filosofia naturalista deste
heterónimo pessoano.

Joomla! Hosting from